Francislene Lira

contato@francislene.net

O que temos que aprender vem ao nosso encontro!

09/05/2016

Espero muita coisa de tudo…de todos!!!!
De mim mesmo…de forma, até certo ponto cruel, me cobro demais!!!!

Sempre espero o melhor…
Existe em mim uma busca intensa…

Porém, o dia de hoje veio para me mostrar que por mais que se busque, o que temos que aprender mesmo, vem ao nosso encontro…

Faço uma reflexão e desejo fortemente ter assimilado a lição, uma vez por todas, ter aprendido como a vida é um sopro…

Espero ter tomado consciência de como, de fato, só temos o momento presente, e mais nada!!!
Pra que tanta cobrança, tanta expectativa???

Acordei depois de um final de semana de plena felicidade, cercada pelo carinho e cuidado da minha irmã, Flavia, com meus três filhos reunidos depois de um longo período sem ter essa alegria!!!
Os meninos regressaram para João Pessoa!
Flavia foi trabalhar!!!
Eu fiquei em casa…

Até então tudo tranquilo!
Até que o som de
sirenes tomou conta do ambiente…
Pensei:
isso é São Paulo!!!
As sirenes persistiram…
Olhei pela janela, observei e pensei:
Deve ser algum treinamento!!

Voltei para meu universo particular!!!!
Até que o porteiro avisa pelo interfone:
Está havendo um incêndio no quinto andar, é para sair do prédio pelas escadas!!!
Voltei para o quarto troquei a camisola por uma calça jeans, peguei o celular e fui procurar a saída pelas escadas, só conhecia a entrada social!!!!
Eu estava no sétimo andar!!
Desci…, sem acreditar, e ainda achando que era exagero!!!!
Ao chegar no quinto andar não pude passar…o ambiente tomado por fumaça e pelos bombeiros…protegidos por máscaras…equipados de tudo, inclusive de disposição para ajudar!!!!
Mandaram eu subir…
Aqui não pode passar, aguarde…

Ainda fiquei um pouco!!! Mas não conseguia respirar… E fui no sentido contrário da solução…que era a saída do prédio, subi para a cobertura, o que me angustiou mais ainda, pois sabia que estava na contra mão do que eu mais queria:
Fugir daquele lugar!

No caminho encontrei um casal que também obedecia a orientação do porteiro, avisei que não era possível descer, a passagem estava bloqueada pela fumaça, e eles começaram a subir comigo, e com eles a onda de fumaça que nos sufocava!!
Logo a frente, mais um casal vinha descendo!!!
E se juntaram a nós em busca de abrigo no último andar do prédio, chegamos ao terraço que fica na cobertura, a procura de ar que se pudesse respirar…

Ficamos ali…
Respirando, nos recuperando, nos apresentando, através dos celulares tranquilizando parentes…conjecturando formas de sair dali…
Pensando…
Como vim parar aqui?????

O fogo foi controlado!
A fumaça tomou conta do prédio, os bombeiros chegaram onde estávamos…retiraram as máscaras, os cilindros de oxigênio, constataram que estávamos bem, se recuperaram…

Tudo resolvido, aparentemente, agora tive que encarar o medo de retornar pelas escadas impregnadas pelo cheiro forte de queimado e das lembranças de momentos atrás…que quase que me paralisavam!
Olhei sob meu ombro e vi o olhar do bombeiro a me dizer:
pode seguir, está tudo bem!

Conheci de perto o trabalho de seres humanos especiais, equipe do Corpo de Bombeiros de São Paulo!

10 de May de 2016 at 1:44 AM Comments (0)

Sexto dia na CHAPADA DIAMANTINA… Conhecer rio Mucugesinho – Poço do Diabo – 13/09/2014 Subimos o Morro do Pai Inácio – Palmeiras/BA

Subimos o MORRO do PAI INÁCIO – Palmeiras/BA

24 de October de 2014 at 6:26 PM Comments (0)

Aos meus amigos…

24 de October de 2014 at 5:58 PM Comments (0)

Pousada do Capão – CHAPADA DIAMANTINA

Um lugar incrível!

24 de October de 2014 at 5:45 PM Comments (0)

QUINTO DIA – EXPEDIÇÃO CHAPADA DIAMANTINA

Capão – Pai Inácio – Lençóis (Bike 35/43 km e

Altitude de 200 Metros)

Depois de conhecer o Capão iremos por uma trilha

estreita exigindo do participante técnica e força em alguns

momentos, passando pelo Poço das Águas Claras aos pés

do Morrão para tomar banho nas piscinas naturais de águas

escuras e geladas. Após lanche, pedalada pelo Vale dos

Três Irmãos até aos pés do Morro do Pai Inácio.

Antes, uma parada rápida no restaurante do Pai Inácio para

repor as energias. Depois do descanso, subida até o Morro

do Pai Inácio.

Lá Trekking de 15 minutos até o topo para poder apreciar

os 360 graus de um dos mais belos visuais do Parque, além

de ter o melhor por do Sol da Chapada Diamantina.

A volta para Lençóis pode ser feita de carro ou Bike até

Lençóis pela trilha do Barro Branco.

24 de October de 2014 at 5:17 PM Comments (0)

Quarto dia da EXPEDIÇÃO Chapada Diamantina: Trekking Cachoeira do Fumaça (12 km)

Trekking até a Cachoeira da Fumaça a mais alta da

Chapada Diamantina com 380 m de queda d’agua e 1400

metros de altitude, proporcionando um visual único.

Na volta pode-se observar um excelente visual do Vale do

Capão. Mais na frente perto da descida da Fumaça, bela

visão do Morrão e seu vale.

Tarde livre para conhecer a vila e seus sabores.

23 de October de 2014 at 7:01 PM Comments (0)

Terceiro dia: Guiné – Palmeiras – Capão (Bike 53 km e altitude de 600 Metros)

Depois do café continuaremos até o Vale do Capão

passando por fazendas e vales com algumas subidas e

muitas descidas. Neste trecho pode alcançar grandes

velocidades exigindo técnica do aventureiro.

Antes de chegarmos no Vale do Capão, parada no

Riachinho para relaxar e tomar banho.

Pernoite e jantar no Capão.

18 de October de 2014 at 9:06 PM Comments (0)

Segundo dia!!! EXPEDIÇÃO CHAPADA DIAMANTINA

Igatú – Mucugê – Guiné (Bike 30/60 km e altitude de 500 Metros)

A aventura começa subindo uma 

pequena estrada de terra por 7 km até 

o asfalto. De lá conheceremos a cidade 

de Mucugê cujas atrações são a 

arquitetura colonial e o cemitério estilo 

bizantino. Parada para almoço.

A aventura continua por um pouco mais 

de asfalto até chegar na estrada que segue para o povoado 

de Guiné, pedalando do lado do surpreendente paredão da 

Serra do Esbarrancado até o povoado para jantar e 

pernoite.

		
16 de October de 2014 at 6:29 PM Comments (0)

EXPEDIÇÃO CHAPADA – 5 DIAS

Primeiro Dia: Lençóis – Andaraí – Igatú (Bike 46 km e altitude de 600 Metros)

Seguiremos pela antiga estrada do

Garimpo atravessando alguns rios até o

Roncador para conhecer sua foz e

caldeirões. Parada para banho e lanche.

Pós refeição continuamos pela mesma
trilha até a cidade de Andaraí para um
sorvete. Depois do descanso, subida por
estrada de pedra até a pequena Vila de
Xique-Xique de Igatú para jantar e Pernoite.

16 de October de 2014 at 4:03 PM Comments (0)

16 de October de 2014 at 3:37 PM Comments (0)

« Older Posts